PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFESSOR/TÉCNICO

Por Fabio Aires da Cunha

.

O profissional para exercer a função de professor/técnico deve ter um conhecimento amplo da modalidade. De acordo com Leal (2001) o técnico/professor de futebol deve ser um indivíduo com formação especializada na arte e ciência do futebol.

Segundo Drubscky (2003) estamos numa época do futebol profissional e especializado. Conforme Michels (2001) e Prates (2005) o professor/técnico de futebol deve aliar prática e conhecimento teórico. Para Ucha (1999) deve ser motivador, bom pedagogo, deve observar as diferenças individuais e manter-se atualizado.

Almeida (2004) destaca cinco aspectos que farão um profissional do futebol forte: autoconhecimento, preocupação com os outros, comunicação, compromisso emocional e controle emocional.

O professor de futebol deve possuir como características: atualização constante; ser líder e motivador; buscar conhecimento técnico-científico e prático; ser dedicado; ser íntegro; ser organizado; fazer com que os jogadores tenham segurança e confiança; ser amigo; ter sentido de grupo; saber trabalhar em equipe e realizar uma cobrança com cautela e respeito.

É muito importante ter uma boa comunicação com os alunos e atletas, sendo claro, atencioso e, principalmente, educador.

O técnico hoje é muito mais do que apenas uma pessoa que ministra um treinamento. A formação deve ser ampla, pessoal e profissional. A atualização deve ser constante, os profissionais que atuam no futebol não podem achar que aprenderam ou já sabem tudo.

.

“O nível de formação do treinador está perfeitamente identificado com um dos pilares fundamentais do desenvolvimento

qualitativo da modalidade a que diz respeito, já que, sem uma maior e melhor habilitação não haverá

certamente melhoria nem o progresso desejável” (NUNES, 1995, p. 77).

.

.

Referências Bibliográficas e Sugestões de Leitura

ALMEIDA, Pedro L. Intervenção psicológica no futebol: reflexões de uma experiência com uma equipa da liga portuguesa de futebol profissional. Cuadernos de Psicología del Deporte, Murcia, v. 4, n. 1/2, p. 181-190, 2004.

DRUBSCKY, R. O universo tático do futebol: Escola brasileira. Belo Horizonte: Health, 2003.

LEAL, Julio César. Futebol: Arte e Ofício. 2. ed. Rio de Janeiro: Sprint, 2001.

MICHELS, Rinus. Teambuilding: the road to success. Spring City: Reedswain, 2001.

NUNES, M.M. A formação e o treinador de futebol. Revista Horizonte, n. 68, p. 75-78, 1995.

PRATES, Udelton Arques. Futebol infanto-juvenil: preparação de atletas para testes. São Paulo: Musa, 2005.

UCHA, F. G. El entrenador deportivo. In: LECTURAS: EDUCACIÓN FÍSICA Y DEPORTES. Revista Digital. Buenos Aires. Año 4. n. 14. Jun./1999. Disponível em: <http://www.efdeportes.com>. Acesso em: 10 set. 1999.

.

.

.

2017

.

.

.

Os comentários estão encerrados.