16/01/2008 – Sport se complica em Garanhuns e só empata com o Sete de Setembro

Do UOL Esporte
Em Recife

 

O Sport saiu na frente, mas permitiu o empate do Sete de Setembro, em 1 x 1, e desperdiçou a chance de se manter com 100% de aproveitamento no Campeonato Pernambucano. Líder, por conta da goleada na estréia, o rubro-negro pode perder a ponta nesta quinta, se o Centro Limoeirense surpreender o Náutico, nos Aflitos.
O campo ruim – duro e irregular – não permitia um jogo de muita técnica. Ainda assim, a equipe do Sport, de maior qualidade, mandou no jogo e criou as melhores chances. As mais perigosas acabaram com a bola na trave do goleiro Mondragon.
Aos 4 minutos, Durval cabeceou uma falta cobrada por Luisinho Netto e a bola pegou na trave esquerda. Aos 32, o próprio Luisinho bate falta no travessão e, na volta, a zaga salva em cima da linha, A bola sobra para Jéferson Madeira, que chuta para nova defesa de Mondragon.
O Sete de Setembro também criou algumas chances. As que levaram mais perigo de gol foram em chutes de Juninho, que rasparam a trave de Magrão.
No segundo tempo, a partida continuou jogada mais na base da vontade. O primeiro grande lance foi justamente o gol do Sport. Aos 16 minutos, Carlinhos Bala desceu à linha de fundo e cruzou à meia-altura. Romerito se agachou e cabeceou para o gol.
O Sete de Setembro não se intimidou com a desvantagem e foi para cima. Logo, desperdiçou uma jogada com Juninho. Aos 27, o Sete de Setembro faz uma jogada pelo lado esquerdo e, após um bate-rebate, a bola sobrou para Jean, que saiu na cara do goleiro Magrão. O camisa 10 do time da casa chutou com perfeição e empatou o jogo.
A partir daí, o Sport parece ter sentido o pouco tempo de preparação e o Sete de Setembro atuava com mais vigor e objetividade. O jogo seguiu truncado, muito fraco tecnicamente e terminou mesmo no empate em 1 x 1.

Sete de Setembro
Mondragon; Cristiano, Oliveira e Eduardo; Fia, Zaquel, Gaúcho (Zé Rodrigues) Igor e Juninho; Jean (Van Van) e Markony (Glauber).

Técnico: Fabio Cunha.

Sport
Magrão; Luisinho Netto, Elias, Durval e Dutra (Bruno); Daniel Paulista, Everton, Romerito e Diogo (Júnior Maranhão); Carlinhos Bala e Jéferson Madeira (Nino Baiano). Técnico: Nelsinho Baptista.

Data: 16/01/2008 (quarta-feira)
Local: Gigante do Agreste, em Garanhuns
Árbitro: Patrício Souza
Auxiliares: Ubirajara Ferraz e Pedro Wandeley
Cartão amarelo: Oliveira (Sete), Everton e Nino Guerreiro (Sport)
Gols: Romerito, aos 16, e Jean, aos 27 minutos do segundo tempo.
Renda: R$ 22.513,00
Público: 4.962

.

.

Fonte:

UOL: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2008/01/16/ult59u143010.jhtm

.

.

.

Os comentários estão encerrados.